Equipamento para processamento de amostras

CMABio conta uma estrutura física e equipamentos que permitem a preparação e processamento de amostras para a visualização em microscópio eletrônico de varredura de transmissão.

Conta ainda com um secador de ponto crítico automático Leica EM CPD300, o qual permite a secagem dos espécimes biológicos, como pólen, tecido, plantas, insetos, bem como amostras industriais, por exemplo MEMS (microssistemas eletromecânicos).

Ultramicrótomo Leica EM UC7

Ultramicrótomo projetado para preparação de amostras biológicas e industriais ultrafinas para microscopia eletrônica de transmissão, microscopia por escaneamento de elétrons, microscopia por força atômica e microscopia de luz. Fornece seções extremamente finas e com qualidade superficial em uma ampla gama de aplicações em microscopia eletrônica, com zona de corte continuamente ajustável: 0.2 – 15mm.

A divisão da navalha de diamante em segmentos com o controlador de última geração de 10,4″ garante o melhor uso do comprimento total da borda da navalha.

Ultramicrótomo Leica EM UC7
Ultramicrótomo Leica EM UC7

Secador de ponto crítico automático Leica EM CPD300

O procedimento de secagem em ponto crítico é um método eficiente de secar amostras delicadas para aplicações na microscopia eletrônica de varredura. Ele preserva a estrutura superficial da amostra que poderia, de outra forma, ser danificada devido à tensão superficial durante a mudança de estado líquido para gasoso.

O secador em ponto crítico Leica EM CPD300 seca amostras biológicas como pólen, tecidos, plantas e insetos, assim como amostras industriais, como Sistemas Micro Eletro Mecânicos (MEMS) ou Micro fluidos e géis, em um processo completamente automatizado e controlado.

Secador de ponto crítico automático Leica EM CPD300
Secador de ponto crítico automático Leica EM CPD300

Metalizador de alto vácuo Leica EM ACE600

O Leica EM ACE600 é um sistema de deposição de película a alto vácuo, projetado para produzir revestimentos condutivos de metal (ouro e platina) e carbono muito finos, refinados para a mais alta qualidade de análise, como exigido para aplicações de FE-SEM e TEM.

Esse dispositivo de revestimento a alto vácuo pode ser configurado para os seguintes métodos: Pulverização catódica, evaporação por fio de carbono, evaporação por haste de carbono, evaporação por feixe eletrônico e descarga incandescente.

A importância dessa etapa se dá no aumento da condutividade da superfície da amostra, aumento a interação do elétron com a superfície do material e melhorando consideravelmente a qualidade da imagem.

Metalizador JEOL Smart Coater

Metalizador JEOL Smart Coater

O JEOL Smart Coater é um revestidor por pulverização totalmente automatizado que aplica um revestimento fino de ouro ou platina (opcional) em amostras para geração de imagens em um microscópio eletrônico de varredura. Ideal para imagiamento de amostras que não necessitam de alta resolução.

Este metalizador é simples de usar e apresenta vácuo e pulverização totalmente automatizados. As amostras são inseridas, o metalizador é ligado e é selecionado o tempo de pulverização. A câmara evacua e a pulverização começa automaticamente. Quando a unidade é desligada, ela é liberada para a atmosfera.

Metalizador JEOL Smart Coater

http://www.leica-microsystems.com/pt/produtos/

https://www.jeolusa.com/PRODUCTS/Sample-Preparation-Tools/Smart-Coater